Vice-prefeito Fábio Rodrigues demonstra que quer o poder a qualquer custo.

 “Vice-prefeito se incomoda com o modelo de gestão da prefeita Josineide e com a liderança politica de Ricardo Araújo e parte para o ataque”.

 IMG_16901

Virou rotina neste Brasil a fora a gestão de muitos prefeitos e vice-prefeitos começar numa lua de mel, e meses depois se transformar numa arena de gladiadores por causar do poder. O lado ruim desta história é quando alguém passa dos limites em busca deste poder, articulando dia e noite a queda do prefeito (a), para que o governo cai de paraquedas nos braços do vice.

O exemplo mais recente vem da cidade de Galinhos, as noticias sobre o cenário político não são muito boas, o atual governo da prefeita Josineide Medeiros, tem o apoio da maioria na câmara, ou seja, dos nove vereadores ela tem o apoio de seis, mas governa com acusações partida do vice-prefeito da cidade, Fábio Rodrigues, que dá sinais que quer o poder a qualquer custo.

Na festa dos 52 anos de Emancipação Politica de Galinhos, o vice-prefeito foi além… Durante a missa de gratidão celebrada pelo o paroquio da cidade, a igreja estava com um bom numero de fies, a maioria era pessoas idosas, mas havia no recinto, jovens e crianças, era um momento de adorar e agradecer a Deus pela vida e fazer suas preses.

O ex-prefeito, Ricardo Araújo, que é casado com a atual prefeita, Josineide Medeiros, e que hoje ocupa o cargo de secretário de finanças, começou a falar das ações da prefeitura durante os dois anos da gestão da prefeita.

Na igreja se encontrava o vice-prefeito Fábio, ouvindo atentamente o discurso de Ricardo, naquele momento ele representava a prefeita, incomodado com suas colocações, Fabio não respeitou o Padre, os fies, entre eles as pessoas idosas e partiu para agressão com palavras a gestão da prefeita e ao tesoureiro Ricardo Araújo.

O vice- Prefeito chegou a dizer na igreja que a atual gestão estava um desastre e que  faltava tudo, até respeito com o povo, e que não concordava com aquele modelo de gestão da prefeita Josineide.

Depois de ter caído à ficha que estava dentro da casa de Deus, Fabio pediu desculpas aos presentes na missa pelo ocorrido, porque a igreja não era lugar de discurso, e quando Ricardo quisesse falar fosse pra câmara com a prefeita para juntos com os vereadores resolverem os problemas do município.

O povo saiu da igreja consternados e assustados com o fato ocorrido, era plausível ver o descontentamento do paroquio da cidade. O episodio de logo se espalhou na ilha, e nas esquinas o povo se perguntava o porquê de tanta briga politica, quando todos deveria se unir para o desenvolvimento do município.

Após a missa, Ricardo, o padre e o vice-prefeito foram hastear as bandeiras na prefeitura que fica em frente da igreja, ainda no calor da discussão, o vice-prefeito começou novamente a discutir com o tesoureiro, tentando impedir que o mesmo hasteasse a bandeira do município, mas Ricardo teve que alterar a voz, pedindo que ele respeitasse o povo do município e se colocasse no lugar de vice.

O que se ver hoje em Galinhos é a maioria da população assustada com as atitudes do vice-prefeito, Fabio Rodrigues, nem mesmo os vereadores da oposição estão tendo atitudes tão arbitrarias como vem tendo o atual vice-prefeito, afinal… Não se conquista o povo e o poder com brigas e acusações, mas com respeito e trabalho.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *