Quatro homens são mortos após troca de tiros com a polícia.

Quatro homens morreram em confronto com policiais durante operação conjunta das Polícia Civil e Militar realizada na noite de ontem (14) no município de Arez, região Leste do estado. A ação teve como objetivo buscar foragidos da justiça após uma denúncia anônima.

A operação aconteceu em uma área de matagal e viveiros de camarão, em uma região pouco movimentada próxima à prefeitura da cidade. Os quatros homens foram baleados, após troca de tiros com os policiais, que socorreram os suspeitos ao hospital do município mas não resistiram aos ferimentos.

Segundo informações, uma multidão foi até a frente da unidade de saúde e tentou invadir o local em protesto pelas mortes. O Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) só conseguiu transportar os corpos para perícia em Natal após chegada de reforço policial.

Os policiais fizeram a abordagem descaracterizados, com veículos sem identificação do órgão. Chegando ao local, os agentes foram recebidos a tiros pelos bandidos. A partir daí começou um intenso tiroteio, que acabou com os criminosos feridos.

Um dos mortos foi identificado como Rodrigo Nascimento da Silva. De acordo com a polícia, ele é foragido da Justiça e tem mandado de prisão por homicídio. Além dele, um adolescente ainda não identificado também morreu. Os outros mortos foram identificados como Henrique e Moisés Lindolfo da Silva.

Este último estava com uma arma calibre 38, que caiu no mato e não foi encontrada pela polícia. “O trabalho principal é combater o tráfico em Arez e a violência decorrente do tráfico e sabíamos na nossa investigação que Rodrigo era o chefe dessa quadrilha que estava se formando aqui em Arez e que estava atentando contra a vida de outras pessoas”, disse o policial civil. Nominuto.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *