Dinheiro Público no Lixo: Obra da prefeitura desaba antes mesmo de ser inaugurada em Galinhos.

Uma obra da Prefeitura Municipal de Galinhos, que seria usada para os idosos e gestantes atendidos pelo o CRAS, nem chegou a ser inaugurada, e já desabou toda sua estrutura na tarde de ontem (17).

Na hora do desabamento ninguém ficou ferido, mas poderia ter acontecido uma tragédia com servidores, que quando ouviram os estalos na obra correram em busca de abrigo.

Enquanto isso, os agentes que deram causa a esse vexame, continuam debochando da cara da população, sob olhar piedoso das autoridades fiscalizadoras.

Dinheiro jogado no lixo

Além desta obra, outras são questionadas pela população e vereadores da oposição, realizadas no município, sobre superfaturamento nas licitações, má qualidade do material e dos serviços prestados pela empresa, levando a correr o iminente risco aos trabalhadores e funcionários da prefeitura.

Por exemplo

A Escola Professor Freitas, teve que suspender as aulas de hoje (18), acreditem se quiser… Outra obra recentemente feita pela prefeitura acabou também desabando. A falta de cuidado com a vida e com o dinheiro público em Galinhos não vem hoje, desde que o prefeito Fábio Rodrigues, assumiu a prefeitura, o desmantelo pede passagem.

Outra preocupação dos pais é com relação à escola das crianças. Eles alegam que seus filhos poderão perder o ano letivo pela falta de aulas, levando os alunos a serem  prejudicado, já basta o ano letivo que começou atrasado no final de abril.

Obras sob suspeitas

Por que ocorre isso? As obras de péssima qualidade apontam para duas grandes suspeitas: Valor baixo para se vencer a licitação, ou utilização de materiais com qualidade inferior ao que se havia descrito para baixar o custo sorrateiramente.

Servidores da Prefeitura Municipal de Galinhos estiveram no local logo após o desabamento, fazendo fotos e registrando o ocorrido. A Prefeitura com sua equipe de engenheiros e arquitetos também são responsáveis pela fiscalização e segurança da obra.

Outra responsabilidade de fiscalização é dos vereadores que o povo elegeu para serem seus representantes. Eles podem acompanhar as licitações e antes mesmo da contratação das empresas, questionar como o serviço será feito.

Fato que tem já sido feito pelos os vereadores da oposição, o vereador Marcio, por exemplo, já solicitou a colocação das placas nas obras, valor da obra, engenheiro e arquiteto responsável, assim como numero da licitação ao prefeito Fábio Rodrigues, mas até hoje ele não atendeu, deu ouvido de mercador.

Na prática esse tipo de catástrofe sempre existe porque o poder público contrata com preços elevados, com fortes suspeitas de desvios para caixa 2.

Só uma Câmara Municipal cumpridora de suas obrigações de fiscalizar, pode ajudar a reduzir esse drama que por pouco não virou uma tragédia, e que não está de tudo eliminado, pois a obra foi feita sem as devidas amarras de ferragens que qualquer pedreiro sabe fazer.

Até quando a cidade de Galinhos irá continuar sofrendo com a falta de gestão e cuidado com o dinheiro público? Até quando?

Obra que desabou no CRAS antes de ser inaugurada pela prefeitura

Escola Freitas fechou e alunos ficam sem aulas por obra comprometida

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *